Quinta-feira, 15 de abril de 2021
informe o texto a ser procurado

Notícias / Clima & Temperatura

Muita chuva: Sudeste e Centro-Oeste têm risco de invernada em fevereiro

Até a segunda semana do próximo mês, a precipitação deve continuar mais expressiva no Sul do país, onde já causou diversos transtornos

25 Jan 2021 - 18:05

Muita chuva: Sudeste e Centro-Oeste têm risco de invernada em fevereiro

Foto: Ilustração/Internet

A chuva não dá sossego à maior parte do Sul do país. Nos últimos sete dias, choveu intensamente sobre Santa Catarina, Paraná e norte do Rio Grande do Sul. O solo já está encharcado nessas áreas, o que dá condições para transtornos e tragédias, como deslizamentos, como o que aconteceu no Vale do Itajaí.

Em Santa Catarina, a Defesa Civil indica que este é o janeiro mais chuvoso dos últimos três anos. Em Brusque, o acumulado de cinco dias alcança 290 milímetros, mais que a média para todo o mês de janeiro, que é de 250 milímetros.

Por outro lado, na fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai, a umidade do solo está mais baixa, mas não alcança valor crítico.

Previsão de chuva nos próximos dias

A semana ainda será com chuva forte em Santa Catarina, mas os maiores acumulados serão vistos no Rio Grande do Sul com até 100 milímetros em áreas do centro, oeste, norte e noroeste do estado.

Em Santa Catarina, também há possibilidade de 100 milímetros, mas no oeste do estado, área que foi menos afetada pelos temporais da semana passada. Ainda há risco de deslizamentos de encosta, mas o nível de rios deverá diminuir lentamente a partir da segunda metade desta semana.

No Paraná, estima-se acumulado entre 50 e 80 milímetros em sete dias, paralisando as atividades de colheita e piorando a qualidade de soja e feijão. Na primeira semana de fevereiro, a “gangorra da chuva” ainda penderá para o Sul com acumulado entre 50 e 80 milímetros sobre o Paraná, Santa Catarina e metade norte do Rio Grande do Sul.

A tendência é de diminuição da precipitação sobre os três estados da região a partir da segunda semana de fevereiro. Além disso, mesmo com a chuva, a temperatura permanecerá mais elevada que o normal nesta semana, sobretudo na porção leste dos três estados. Na semana que vem, o calor prosseguirá no Paraná e Santa Catarina, mas a temperatura ficará próxima da média no Rio Grande do Sul.

Por outro lado, há uma grande área com previsão de calor acima do normal e chuva inferior à média no leste de São Paulo, Minas Gerais, sudeste de Goiás, Espírito Santo, leste de Tocantins e Bahia. Na região de Franca (SP), dos 90 milímetros normais para uma semana, estimam-se pouco mais de 20 milímetros. Além disso, entre o Triângulo Mineiro e Goiás, a temperatura permanecerá até 6 °C mais elevada que o normal para época do ano.

Por enquanto, a umidade do solo está em valor adequado para o desenvolvimento agrícola na maior parte do país, mesmo nas áreas sob tempo mais seco. A umidade do solo está baixa no norte do Espírito Santo e de Minas Gerais e no centro e leste do Nordeste. Na segunda semana de fevereiro, aumenta a chance de invernadas no Sudeste e Centro-Oeste e diminuindo as precipitações no Sul.

Canal Rural

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
Sitevip Internet