Quinta-feira, 15 de abril de 2021
informe o texto a ser procurado

Notícias / Mercado

Agro tem maior geração de emprego formal desde 2011, diz CNA

Em 2020, setor abriu 61.637 mil novos postos de trabalho com carteira assinada, o mais alto desde 2011, quando o saldo foi de 85.585 mil vagas.

03 Fev 2021 - 17:07
Atualizada em 03 Fev 2021 - 17:21

Agro tem maior geração de emprego formal desde 2011, diz CNA

Foto: Ilustração/Internet

O agro teve em 2020 o melhor resultado na geração de empregos no setor desde 2011, apesar da pandemia e dos resultados abaixo do esperado na criação de novos postos de trabalho.

É o que mostra o Comunicado Técnico da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), que analisou os dados do ano passado do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), divulgados pelo Ministério da Economia.

Os dados mostram que o setor abriu 61.637 mil vagas de trabalho de janeiro a dezembro do ano passado, o melhor desempenho desde 2011, quando o saldo de geração de empregos formais foi de 85.585 mil vagas.

Entre as atividades que mais criaram postos com carteira assinada em 2020, a soja liderou o ranking, com 13.396 vagas. Destaque também para o café (+6.284). Na pecuária, a criação de bovinos (+11.598) e de aves (+5.993) foram as atividades que mais contribuíram para o mercado de trabalho.

Ainda de acordo com os dados, 3 em cada 4 vagas foram criadas no setor agropecuário estão na região Sudeste, especialmente em São Paulo que teve crescimento de 46.475 postos de trabalho em 2020.

Veja aqui o Comunicado Técnico

CNA

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
Sitevip Internet