Domingo, 28 de fevereiro de 2021
informe o texto a ser procurado

Notícias / Agronegócio

Peste suína africana: Hong Kong abate 3.000 animais após novo foco

10 Fev 2021 - 09:17

Peste suína africana: Hong Kong abate 3.000 animais após novo foco

Foto: Ilustração/G1

Autoridades de Hong Kong, na China, ordenaram o abate de todos os 3 mil porcos em um rebanho depois que o vírus da peste suína africana foi descoberto que estava se espalhando pela primeira vez em uma das fazendas da cidade.

A doença, que é inofensiva para os humanos, é muito rara em Hong Kong. O último surto em 2019 foi devido aos suínos importados do continente e resultou no abate de 10 mil suínos. O novo surto foi descoberto em uma fazenda na zona rural de Yuen Long, no norte, perto da fronteira com a China continental.

A peste suína africana é endêmica no continente, onde devastou fazendas em 2018 e 2019, e causou danos significativos novamente neste inverno. O Departamento de Agricultura e Pesca de Hong Kong, que está supervisionando uma investigação do surto, disse que o vírus estava limitado a uma fazenda e que o proprietário seria compensado.

Hong Kong tem cerca de 43 fazendas de suínos, representando 15% de seus suprimentos de suínos vivos, de acordo com um relatório de 5 de fevereiro do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos.

“Os membros do público não precisam se preocupar”, disse o Departamento de Agricultura e Pesca em um comunicado na terça-feira, acrescentando que o fornecimento global de suínos vivos de outras fontes poderia compensar o fornecimento.

Canal Rural

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
Sitevip Internet