Quinta-feira, 15 de abril de 2021
informe o texto a ser procurado

Notícias / Economia

Dólar opera em alta nesta quarta-feira

Na terça-feira (9), moeda norte-americana fechou em alta de 0,22%, a R$ 5,3824.

10 Fev 2021 - 09:55

Dólar opera em alta nesta quarta-feira

Foto: Ilustração/Istock

O dólar opera em alta nesta quarta-feira (10/02), com as atenções dos investidores voltadas para as discussões sobre a retomada de medidas de auxílio emergencial e persistentes incertezas fiscais.

Às 10h34 (horário de Brasília), a moeda norte-americana subia 0,20%, cotada a R$ 5,3930. Veja mais cotações.

Na terça-feira, o dólar fechou em alta de 0,22%, cotada a R$ 5,3824, mesmo após duas intervenções do Banco Central no mercado de câmbio, elevando a oferta de dólares com leilões extraordinários de swap cambial (venda de moeda no mercado futuro).

No mês, a moeda norte-americana acumula queda de 1,61%. No ano, no entanto, ainda tem alta de 3,76% no ano.

Cenário

No exterior, permanece o cenário de maior otimismo, com os investidores apostando em uma recuperação econômica mais rápida e na aprovação de um novo pacote de estímulos nos Estados Unidos.

Na China, o índice de preços ao produtor subiu em termos anuais em janeiro pela primeira vez em um ano, já que meses de forte crescimento na produção elevaram os custos das matérias-primas. O índice de preços ao produtor avançou 0,3% em relação ao ano anterior, o ritmo mais rápido de ganhos desde maio de 2019.

Por aqui, permanecem as incertezas sobre a trajetória das contas públicas e temores de que o governo desrespeite o teto de gastos. Na véspera, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, alertou que uma nova rodada de estímulo emergencial sem uma compensação com um corte de gastos ou alta de tributos, pode resultar em alta da taxa básica de juros, a Selic, atualmente na mínima histórica de 2% ao ano.

Na agenda de indicadores, o IBGE divulgou mais cedo o resultado das vendas do varejo de dezembro, que registraram queda de 6,1% - a maior da série do indicador. No ano, no entanto, o setor cresceu 1,2%.

G1

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
Sitevip Internet