Quinta-feira, 15 de abril de 2021
informe o texto a ser procurado

Notícias / Economia

Dólar abre a semana em alta e vai a R$ 5,80

Na sexta-feira, a moeda norte-americana fechou cotada a R$ 5,7416, acumulando alta de 4,73% na semana.

29 Mar 2021 - 10:42

Dólar abre a semana em alta e vai a R$ 5,80

Foto: Ilustração/Internet

O dólar opera novamente em alta nesta segunda-feira (29/03), em meio a um cenário de avanço da moeda norte-americana no exterior e persistentes incertezas domésticas diante do recrudescimento da Covid-19.

Às 11h15 (horário de Brasília), a moeda norte-americana subia 0,78%, cotada a R$ 5,7861. Na máxima do dia ate o momento, chegou a R$ 5,8026. 

Na sexta-feira (26/03), o dólar fechou em alta de 1,26%, a R$ 5,7416, acumulando avanço de 4,73% na semana. Na parcial do mês, tem alta de 2,44%. No ano, o salto é de 10,69%.

Neste pregão, o Banco Central fará leilão de swap tradicional para rolagem de até 16 mil contratos com vencimento em dezembro de 2021 e abril de 2022, destaca a Reuters.


Cenário

No exterior, os preços do petróleo subiam nesta segunda-feira por expectativas de que o grupo de produtores Opep+ possa manter sua produção estável, com as cotações afetadas também por preocupações de que as operações do Canal de Suez poderiam levar semanas para voltar ao normal, mesmo com avanços nas tentativas de liberar um navio encalhado por ali. O meganavio Ever Given voltou a flutuar após 6 dias, mas os impactos sobre a indústria global de navegação podem levar semanas e mesmo meses para serem apagados, avaliam analistas.

Por aqui, a confiança do setor de serviços despencou 5,6 pontos em março, para o menor nível em 9 meses, segundo divulgou a Fundação Getulio Vargas.

"Começamos a semana com forte tensão, com o governo acuado e muito pressionado por diferentes segmentos da sociedade e vamos precisar de notícias positivas para conseguir manter a alta da última sexta-feira, principalmente no que tange à vacinação da população e atendimento hospitalar, orçamento de 2021 com Senado irado sobre as declarações de Ernesto Araújo", escreveu Alvaro Bandeira, sócio e economista-chefe do banco Modalmais.

A previsão do mercado para a inflação em 2021 passou de 4,71% para 4,81%, segundo pesquisa Focus do Banco Central divulgada nesta segunda-feira. A expectativa pra a alta do PIB (Produto Interno Bruto) no ano caiu pela 4ª semana seguida, de 3,22% para 3,18%. Já a projeção para a taxa de câmbio no fim de 2021 subiu de R$ 5,30 para R$ 5,33.

Na cena política, senadores voltaram a pedir a saída do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. Na tarde deste domingo, o ministro publicou nas redes sociais sobre um almoço que teve com a senadora Kátia Abreu no início de março. Nele, ele alega que teria ouvido dela que se tornaria o "rei do Senado" se fizesse um gesto em relação ao 5G, mas que não fez "gesto algum". Kátia Abreu se defendeu do ataque de Ernesto e, em nota, afirmou que é "uma violência resumir três horas de um encontro institucional a um tuíte que falta com a verdade".

Repercutia também as preocupações com o Orçamento 2021 na semana passada no Congresso. "Despesas obrigatórias, como previdência e folha de pagamento dos servidores públicos, estão subestimadas entre R$ 30 e 40 bilhões, aumentando substancialmente a probabilidade de paralisação do governo (shutdown)", alertou a XP em relatório a clientes.

A vacinação no Brasil segue em ritmo lento, com atrasos no cronograma de produção e seguidas reduções nas promessas de doses a serem entregues após uma demora do governo em negociar com laboratórios, o que deixa o país sem uma perspectiva de resolver a crise no curto prazo.

G1

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
Sitevip Internet