Sexta-feira, 6 de dezembro de 2019
informe o texto a ser procurado

Notícias / Logística

Caminhoneiros encerram 5º dia de bloqueio na BR 163, paralisação será retomada neste domingo (vídeo)

05 Ago 2017 - 22:15
Atualizada em 08 Ago 2017 - 16:35

Caminhoneiros  encerram  5º  dia de bloqueio  na  BR  163, paralisação será retomada  neste domingo <font color=#00FF00><i>(vídeo)</font>

Bloqueio no KM 712, BR 163, Sorriso, Mato Grosso

Foto: Paula Arruda/Portal Agronotícias

​Neste sábado, (05) caminhoneiros bloquearam pelo quinto dia consecutivo os principais trechos de escoamento de grãos do Mato Grosso, com paralisações intermitentes nos municípios de Sorriso, Lucas do Rio do Verde e Novo Mutum.  O representante da categoria garante que o movimento deve continuar.

Às 17h o Km 712 no município de Sorriso (412 km ao norte de Cuiabá) encerrou seu último bloqueio de caminhões com a presença da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que negociou para liberação no período da noite, diferente da noite anterior.

Protesto de caminhoneiros mantém bloqueios de rodovias da BR 163 a noite e preocupa entrega de milho nos portos

O Presidente do Movimento Nacional dos Caminhoneiros (as) do Brasil, Mncb, Gilsemar Borges, conhecido como Gil Brasil, informou que os bloqueios continuarão neste domingo, com início às 6h e previsão para bloqueio a partir das 7 horas, com intervalos de  2 horas paralisados e com intervalos de 4 horas de  tráfego  liberado.   

Para o caminhoneiro Osmar Saraiva, 20 anos nas estradas, o movimento deve continuar para melhores condições nas estradas e redução nos combustíveis.

Vídeo-5 º dia de Paralisação da BR 163 Km 712 , Sorriso - Mato Grosso

Na próxima terça-feira (09) representes da categoria dos caminhoneiros tem uma  reunião agendada na Casa Civil em Brasília, para reivindicar  melhores condições  de trabalho com redução de  imposto sobre combustíveis,  melhorias nas estradas.

Reportagem Local: Paula Arruda

Vídeo Relacionado

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por domingos batista da silva, em 11 Ago 2017 às 09:13

    tem que continua ate que seja alcansado o minimo de condicacao para continua existindo ou seja tabela minima frete preco de pedagios reestudados revisao de valores de multas esses valores e pra deputado e senadores nossa renda e irrisoria nao tem como paga estes valores de multas de transito.