Segunda-feira, 18 de outubro de 2021
informe o texto a ser procurado

Notícias / Mercado

Dólar opera em queda nesta quinta

30 Set 2021 - 10:16

Dólar opera em queda nesta quinta

Foto: SOPA Images - Colaborador | Getty Images

O dólar opera em queda nesta quinta-feira (30), depois de fechar com sinal positivo nos últimos seis pregões e renovar a máxima desde 4 de maio (R$ 5,4322) no dia anterior.

Às 10h52, a moeda norte-americana caía 0,08%, vendida a R$ 5,4262. Veja mais cotações

No dia anterior, a moeda norte-americana fechou em alta de 0,08%, cotada a R$ 5,4298. Com o resultado, acumula alta de 5,03% no mês e 4,68% no ano.

Neste pregão, o Banco Central fará leilão de swap tradicional para rolagem de até 15 mil contratos com vencimento em fevereiro e julho de 2022.
 
Receba notícias do Portal Agronotícias no whatsapp, clique aqui

 
Cenário

O Banco Central (BC) revisou sua estimativa para o crescimento da economia brasileira e passou a prever uma expansão maior da atividade neste ano, mas também vê desaceleração em 2022. Para 2021, a instituição elevou a projeção de 4,6% para 4,7%. Entretanto, para 2022, a expectativa é de uma expansão menor na economia: alta de 2,1% para o Produto Interno Bruto.

Segundo o BC, três riscos "relevantes" continuam presentes na economia brasileira: o eventual agravamento da crise hídrica, especialmente se forem necessárias restrições ao consumo de energia elétrica; a evolução da pandemia de Covid-19, que segue sendo monitorada com atenção; e, por fim, ações que piorem as expectativas a respeito da trajetória fiscal podem pressionar os prêmios de risco e a confiança dos agentes.

A taxa de desemprego no Brasil ficou em 13,7% no trimestre encerrado em julho, mas ainda atinge 14,1 milhões de brasileiros, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A Petrobras aprovou a criação de um programa social que destinará R$ 300 milhões em apoio às famílias em situação de vulnerabilidade social para acesso a insumos como o gás de cozinha. O programa terá duração de 15 meses.

No exterior, o Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos cresceu 6,7% no segundo trimestre de 2021, em dados anualizados. A alta foi apontada na terceira revisão dos dados divulgada nesta quinta-feira (30).

O mercado prevê patamares elevados do dólar devido às expectativas de redução do estímulo do Federal Reserve (BC dos EUA), temores sobre o crescimento global e a crise energética da China.

O banco central dos EUA sinalizou que pode dar início aos cortes em suas compras de títulos já em novembro, o que tem impulsionado os rendimentos norte-americanos nos últimos dias. Isso, por sua vez, dá suporte ao dólar internacionalmente.

G1

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
Sitevip Internet