Sábado, 15 de agosto de 2020
informe o texto a ser procurado

Notícias / Pecuária

Preço do suíno recua no final de agosto com demanda enfraquecida

A demanda enfraquecida reduziram os números de abate e, assim os valores mais baixos pelo animal.

31 Ago 2017 - 09:07

Preço do suíno recua no final de agosto com demanda enfraquecida

Foto: Reprodução

O preço do suíno registrou queda no final do mês de agosto. Segundo o Centro de Estudo em Economia Aplicada (Cepa), a demanda enfraquecida reduziram os números de abate e, assim os valores mais baixos pelo animal. 

Segundo o Cepea, apesar da menor demanda, a disponibilidade de suínos para abate permanece estável, e o peso dos animais segue favorecendo a comercialização. Mas, suinocultores têm negociado o animal vivo a preços mais baixos, preocupados em controlar a oferta. 

No sudoeste do país, na região de São Paulo, os preços recuaram 4% entre 23 e 30 de agosto, para R$ 3,98 o quilo do animal vivo. Quanto às carcaças, a comum se desvalorizou 2,9% no período, fechando a R$ 5,71 o quilo e a especial a R$ 4% para R$ 6,02/kg. 

Em Mato Grosso, a cotação do suíno segue em estável, sendo comercializado  a R$ 3,40 o quilo do animal vivo.  No Paraná, a cotação já segue mais elevadas, sendo comercializado a R$ 3,59 o quilo do animal vivo. 

Da Redação

 
 
Sitevip Internet