Terça-feira, 14 de julho de 2020
informe o texto a ser procurado

Notícias / Ciência & Tecnologia

Syngenta usa mídias sociais para desmistificar agrotóxicos e transgênicos

Lançada nas mídias digitais da companhia, série de vídeos com dados científicos e linguagem acessível mostra como informações imprecisas ou fora de contexto geram confusão e medo

25 Nov 2017 - 06:55
Atualizada em 25 Nov 2017 - 07:02

Syngenta usa mídias sociais para desmistificar agrotóxicos e transgênicos

Foto: Divulgação/Assessoria

Posicionando-se de forma pioneira sobre assuntos considerados polêmicos envolvendo o uso de agrotóxicos e sementes geneticamente modificadas, a Syngenta acaba de lançar a série de vídeos "Mitos e Verdades", veiculada nos canais da companhia nas principais redes sociais. Nela, colaboradores de diferentes áreas apresentam fatos e informações de pesquisas científicas para desbancar factoides (em tempos das chamadas fake news) e promover o diálogo transparente entre a indústria e a sociedade em relação a tais temas.
 
Cada vídeo promove, com recursos textuais e visuais, a investigação de dados comumente vistos nas mídias digitais e na grande imprensa. Alguns, baseados em dados parciais ou equivocados, são esclarecidos à luz da ciência; outros, verdadeiros, são explicados dentro de um contexto mais abrangente. Para as respostas, foram consultados artigos e especialistas do Conselho Científico para Agricultura Sustentável (CCAS), da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal (Sindiveg), entre outras entidades.
 
O primeiro episódio questiona "O brasileiro ingere 5 litros de agrotóxicos por ano?"; o segundo, "O Brasil é o maior consumidor de agrotóxico do mundo?"; o terceiro vídeo explora a pergunta "Alimentos com agrotóxico fazem mal à saúde?"; e o episódio que fecha a série aborda a dúvida "Alimentos transgênicos são saudáveis?" Todas as peças estão disponíveis no Facebook, Youtube, Instagram, Twitter e no blog da empresa.
 
"Nosso intuito com o lançamento dos vídeos é o de permitir que a população possa confrontar certas dúvidas e até medos que, na maioria das vezes, são infundados, e possam tomar decisões com mais informação disponível. Esta iniciativa, que prima pela transparência e pelo compartilhamento de dados científicos com a sociedade, de modo claro e palatável, alinha-se a um dos principais objetivos de nosso Plano de Agricultura Sustentável", explica Raony Araújo, Gerente de Redes Sociais.
 

Assessoria

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
Sitevip Internet