Quinta-feira, 2 de abril de 2020
informe o texto a ser procurado

Notícias / Agroquímicos

Fechamento de fábrica de ureia da Petrobrás prejudica pecuaristas

11 Set 2018 - 14:53
Atualizada em 11 Set 2018 - 15:07

Fechamento de fábrica de ureia da Petrobrás prejudica pecuaristas

Foto: Metro

O encerramento das atividades da fábrica de fertilizantes nitrogenados (Fafen) da Petrobras em Camaçari (BA), anunciado em meados de março deste ano prejudicou os pecuaristas do País pois, a partir de então, o setor ficou totalmente dependente das importações de ureia para suplementação dos animais, disse o presidente da Comissão de Pecuária de Corte da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), Maurício Velloso. O executivo falou durante a abertura da 11ª edição da Conferência Internacional de Pecuaristas (Interconf), promovida pela Assocon em Goiânia, nesta terça-feira.

Na época do anúncio, a Petrobras alegou problemas financeiros. Segundo a companhia, somente em 2017 houve prejuízo médio de R$ 200 milhões. A unidade de Camaçari iniciou suas atividades em 1971, para produção de fertilizantes nitrogenados a partir do gás natural dos campos produtores de petróleo da Bahia e de Sergipe. A fábrica produzia insumos como amônia, ureia fertilizante, ureia pecuária, ureia industrial, ácido nítrico e hidrogênio.

Além das importações, Velloso destaca que a ureia pecuária tem incidência tributária de 10% em PIS/Cofins, imposto que não incide sobre a ureia direcionada para a agricultura.

“O recente aumento do dólar impulsiona as exportações, mas onera a produção de gado. Medicamentos, por exemplo, ficam mais caros porque são pagos com a moeda norte-americana. Custos altos levaram produtores à redução no pacote tecnológico e a produtividade do gado foi comprometida”, explicou o executivo.

Ainda sobre os itens que elevaram as despesas dos pecuaristas, Velloso destacou o aumento nos preços dos grãos, que ocorre desde o início do ano, com a quebra de safra da Argentina. 

Estadão

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Paulo Ernesto Bolson, em 15 Set 2018 às 11:20

    Este custo não e nada para Petrobras. Em relação do e eles pagam de propina .e roubam mas a intenção é outra e facilitar o mercado estrangeiro quebrar a agricultura .e pecuária. Primeiro inventaram com carne fraca .falta patriotismo. Não se fecha uma fábrica. Pode até privatizar .e agora como fica os insumos mais caros em dólar ou euros.quem paga a conta estatal de perda administrada por corruptos!

 
 
Sitevip Internet