Sexta-feira, 18 de outubro de 2019
informe o texto a ser procurado

Notícias / Agricultura

Época da ponkan: fruto de descascamento fácil e planta muito produtiva que pode ter rentabilidade

O interesse comercial é muito grande, pois sua produtividade é boa, podendo chegar a 250 quilos de fruto por planta

23 Jul 2017 - 16:50

Época da ponkan: fruto de descascamento fácil e planta muito produtiva que pode ter rentabilidade

Foto: Reprodução

Essa época é propícia para cultivo de algumas frutas, como o caso do ponkan, ou também conhecida como tangerina. Uma fruta que possuem um descascamento fácil e o aroma agradável que são atrativos para o consumo. A produtividade é extensa e pode ter um retorno favorável ao produtor, conheça. 

As plantas desse fruto são toleráveis à época de baixa e alta temperatura. As frutas são utilizadas para o consumo in natura e para industrialização, de onde são obtidos diferentes produtos processados, como sucos, óleos essenciais, pectina e rações. 

É rica em vitaminas B1 e B2 que melhoram a saúde da pele, olhos, cabelo, fígado e boca e, também possuem sais minerais como magnésio, potássio, cálcio e fósforo, sendo rica também em vitamina C. 

A Planta

A muda do ponkan geralmente tem estatura mediana, com crescimento ereto e lento, de folhagem densa e com produtividade grande. Esse citros teve origem do mediterrâneo.

A safra da ponkan no Brasil se concentra entre os meses de maio a agosto, época de muita produtividade. Atualmente, de acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), os produtores vêm enfrentando forte queda nos preços no pico da safra. 

Porém, com manejo e com novas variedades tentam aumentar o período de colheita das frutas.  

Mercado

O interesse comercial é muito grande, pois sua produtividade é boa, podendo chegar a 250 quilos de fruto por planta, segundo a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Porém, tem a produção é alternativa, podendo gerar muitos frutos em um ano e pouco no ano seguinte.  Esse tipo de cultivo tem pouco interesse em exportação, apenas 1% é direcionado ao mercado externo. 

O Brasil o quarto maior produtor dessa fruta tendo em destaque o Estado de São Paulo, seguido por Paraná, Rio Grande do Sul e Minas Gerais. 

Da Redação - Vanessa Alves

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
Sitevip Internet