Sábado, 4 de abril de 2020
informe o texto a ser procurado

Notícias / Agricultura

Plantio do arroz é finalizado no RS e clima favorece desenvolvimento

De acordo com a Emater/RS, das lavouras implantadas, 90% estão na fase de desenvolvimento vegetativo e 10% já em floração

03 Jan 2020 - 17:00

Plantio do arroz é finalizado no RS e clima favorece desenvolvimento

Foto: Arquivo/Irga

O plantio do arroz no Rio Grande do Sul foi finalizado nesta semana, segundo informou a Emater gaúcha. O clima favorável em todas as regiões permitiu avanço nos plantios previstos, além de favorecer o desenvolvimento da cultura. Das lavouras implantadas, 90% estão na fase de desenvolvimento vegetativo e 10% já em floração. A área total cultivada chegou a 944.549 hectares no estado.

Cultivo

Na regional da Emater/RS-Ascar de Bagé, os produtores realizam tratos culturais para o controle de plantas invasoras e adubação nitrogenada em cobertura. Nas áreas mais adiantadas, os produtores realizam atividades de manejo de irrigação.

Em Uruguaiana, nas primeiras áreas semeadas, já ocorre o manejo da água por inundação, fundamental para o desempenho da cultura. Na de Pelotas, as lavouras têm sido favorecidas por dias secos, de temperaturas elevadas e com alta radiação solar. Em geral, as lavouras apresentam bom desenvolvimento vegetativo; produtores seguem realizando tratos culturais.

Na regional de Soledade, as lavouras semeadas no cedo apresentam ótimo aspecto, controle de plantas invasoras e manejo da água, associado a fatores climáticos favoráveis, como intensa radiação solar e temperatura. As lavouras com semeadura tardia, em geral, apresentam boa germinação e emergência e ótimo estande de plantas. Os reservatórios de água para irrigação estão com níveis normais, porém os rios e riachos estão com a vazão abaixo do normal. 

Na regional administrativa da Emater/RS-Ascar de Santa Maria, o plantio foi encerrado com área prevista de 127.211 hectares, um pouco abaixo dos 131.118 hectares plantados na safra passada. A cultura encontra-se 2% em floração e 98% entre germinação e desenvolvimento vegetativo. Os produtores de arroz seguem realizando tratos culturais. 

Já na regional Porto Alegre, com área de 205.11 hectares, todas as lavouras estão em desenvolvimento vegetativo. Seguem os tratos culturais, o controle de invasoras e pragas, a aplicação de fertilizantes em cobertura e a irrigação. 

Na regional de Santa Rosa, a cultura tem bom desenvolvimento vegetativo, e as condições de temperatura e insolação garantem bom acúmulo de folhas e colmos. 

Mercado 

No levantamento semanal de preços realizado pela Emater/RS-Ascar, a cotação no RS alcançou o preço médio de R$ 45,80 por saca. Na regional de Bagé, o preço médio continuou em R$ 46 e em Santa Maria, R$ 45,41. Na região de Pelotas, o preço variou entre R$ 44 e R$ 48,50. Na de Santa Rosa, o preço do produto estabilizou, cotado a R$ 46. Na de Porto Alegre, o arroz foi comercializado a R$ 44,83.  
 

Canal Rural

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
Sitevip Internet