Domingo, 31 de maio de 2020
informe o texto a ser procurado

Notícias / Agricultura

Lavouras de soja ficam embaixo d’água no Maranhão

Após 12 dias de muitas chuvas no sul do estado, algumas lavouras ficaram completamente mergulhadas na água. Aprosoja-MA vê potencial para prejuízos

28 Mar 2020 - 11:00

Lavouras de soja ficam embaixo d’água no Maranhão

Foto: Aprosoja-MA

Na região de Tasso Fragoso (MA) chove há pelo menos 12 dias e a colheita da soja pode ficar comprometida. Segundo a Aprosoja-MA, ainda falta colher 40% das lavouras no estado. O que está sendo retirado, nos momentos de trégua, estão apresentando pior qualidade por conta da umidade. Os trabalhos de colheita no estado seguem parados por conta das chuvas. O Maranhão plantou 986 mil hectares, com previsão inicial de se colher 3,07 milhões de toneladas, afirma a Aprosoja-MA.

Segundo o presidente da Aprosoja do Maranhão, José Carlos de Oliveira de Paula, a região mais afetada pelo clima no momento é no sul do estado e as perdas devem ser inevitáveis.

“O clima já está trazendo problemas. Quando se paga um custo a mais pelo transporte, devido as toneladas a mais em água, por causa umidade dos grãos. Perda na colheita grãos ficam no chão. Aumento combustível. Tempo colheita maior. Plantio atrasado da safrinha. Colaboradores e pagamento de horas extras. Tudo isso é prejuízo também”, afirma.

Em relação a perda de produtividade o presidente da entidade acredita que isso só se confirmará no final de abril.

 

Canal Rural

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
Sitevip Internet