Domingo, 27 de setembro de 2020
informe o texto a ser procurado

Notícias / Logística

Governo vai orientar prefeitos sobre manter borracharias e oficinas abertas

27 Mar 2020 - 10:38
Atualizada em 27 Mar 2020 - 10:42

Governo vai orientar prefeitos sobre manter borracharias e oficinas abertas

Foto: Governo Federal

O Ministério da Infraestrutura vai distribuir um modelo de decreto para as prefeituras de todo Brasil com as ressalvas necessárias para o setor de transportes. O objetivo é evitar que serviços essenciais aos caminhoneiros, como restaurantes, oficinas e borracharias não estejam fechadas durante o trajeto do motorista.

Em nova reunião com a Confederação Nacional de Municípios (CNM), nesta quinta-feira, 26, o ministro Tarcísio Gomes de Freitas reforçou a necessidade de diálogo com os municípios para evitar medidas que prejudiquem a logística nacional.

“Precisamos garantir que ao sair de casa, o caminhoneiro terá onde almoçar, onde arrumar seu caminhão e principalmente que estejam seguros”, afirmou Tarcísio, ressaltando a importância de, mesmo com o fechamento de comércios, garantir o funcionamento de oficinas, borracharias e restaurantes de beira de estrada.

Além de uma minuta de decreto, a pasta também vai oferecer uma nota técnica para orientar prefeitos. A expectativa é que a distribuição seja realizada em 5.571 municípios do Brasil.

“É necessário que os municípios estejam alinhados para manter postos de combustível, restaurantes das margens de rodovias, borracharias e autopeças em operação”, disse o presidente da Confederação Nacional dos Municípios, Glademir Arolde.

Posição dos estados

Durante a reunião, o ministro Tarcísio ressaltou a importância do posicionamento de governos de estados em favor dos profissionais de transportes. Desde a primeira reunião do Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Transportes (Consetrans), sete estados já fizeram ajustes em decretos e diversos governadores manifestaram apoio ao setor.

Decisões judiciais

Na quinta, o ministro também se reuniu com o procurador-geral da república, Augusto Aras, para estabelecer um termo de cooperação entre procuradores e promotores federais e estaduais que garanta a articulação necessária para evitar interrupções no fluxo logístico e no abastecimento do Brasil durante o enfrentamento do coronavírus. O Conselho Nacional de Secretários de Transportes (Consetrans) e o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) também integrarão o acordo.

O objetivo da medida é definir canais de comunicação entre autoridades locais, como procuradores e promotores federais e estaduais, para que sejam pontos focais sobre dúvidas relacionadas ao setor de infraestrutura e evitem judicializações, privilegiando a solução de eventuais conflitos de forma articulada.

Canal Rural

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
Sitevip Internet