Terça-feira, 14 de julho de 2020
informe o texto a ser procurado

Notícias / Logística

Mercado de caminhões deve sofrer queda de 14% em 2020, diz consultor

Setor vem registrando baixa nas vendas desde o fim de março e espera recuperação no segundo semestre, mas ainda deve ficar aquém do ano passado

11 Abr 2020 - 09:00

Mercado de caminhões deve sofrer queda de 14% em 2020, diz consultor

Foto: Pixabay

Tudo ia bem para o mercado de caminhões. O ano começou com alta nas vendas entre janeiro e fevereiro, quando comparado ao mesmo período do ano passado. Na primeira quinzena de março, os negócios continuavam elevados. Até que veio a crise causada pelo coronavírus e fez o mercado despencar. 

Com a determinação do afastamento social e o fechamento de várias atividades, a queda foi inevitável. De acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), no mês passado, as vendas de caminhões caíram 15% em relação mesmo período de 2019. A produção e as vendas em abril devem ficar bem abaixo do previsto antes da crise.

Segundo o consultor automotivo Ronaldo Lima, a expectativa é de que o mercado volte a crescer a partir do segundo semestre. Mas, mesmo assim, o resultado final será aquém do ano anterior. “Estamos projetando que o fechamento de 2020 tenha uma queda de 14% nos volumes de vendas, quando comparado ao realizado em 2019. Mas tudo está muito dinâmico e nossa recomendação é fazer um monitoramento dos diversos segmentos de mercado para fazer os ajustes adequados nos volumes projetados”, diz.

Vale a pena trocar de caminhão?

Ronaldo Lima afirma que substituir os veículos fabricados há mais de cinco anos é uma alternativa para reduzir os custos de manutenção e aumentar os lucros nas entregas. “Esses veículos têm custos operacionais crescentes e a substituição por veículos zero quilômetro é determinante. Aliás, um tema muito apropriado neste momento em que todos buscam redução de despesas”.

Canal Rural

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
Sitevip Internet