Terça-feira, 29 de setembro de 2020
informe o texto a ser procurado

Notícias / Agricultura Familiar

‘Reforço de R$ 500 mi trará alívio à agricultura familiar’, diz deputada

Apoio aos pequenos produtores foi pauta do Conexão Brasília desta terça. Uma das medidas de auxílio à categoria o crédito extra via de R$ 130 milhões focado no setor leiteiro, um dos mais afetados pela pandemia

29 Abr 2020 - 10:20
Atualizada em 29 Abr 2020 - 10:22

‘Reforço de R$ 500 mi trará alívio à agricultura familiar’, diz deputada

Foto: Ilustração/Internet

As medidas de socorro à agricultura familiar neste período da pandemia do novo coronavírus estiveram na pauta do programa Conexão Brasília desta terça-feira, 28. Uma delas é a recém editada medida provisória (MP) 957, que destina crédito extraordinário de R$ 500 milhões ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), política pública que adquire produtos da agricultura familiar e os distribui a entidades filantrópicas e famílias carentes.

Na opinião da deputada Aline Sleutjes (PSL-PR), a MP veio em boa hora. “Esse recurso vai dar um alívio para cadeia do agronegócio, mas também para as pessoas que serão beneficiadas diretamente com esses valores”, destacou.

“São R$ 220 milhões para as cooperativas, R$ 150 milhões para os estados e municípios e R$ 130 milhões para a cadeia do leite, um dos setores mais afetados”, disse a deputada. Aline Sleutjes ainda acrescentou que os recursos vão atender cerca de 85 mil famílias de agricultores, 12,5 mil entidades e 11 milhões de famílias em condições de vulnerabilidade social.

A MP já está valendo e faz parte de um conjunto de ações anunciadas no início do abril para apoiar pequenos agricultores afetados pela crise. Para que não perca a validade, no entanto, a medida provisória deve ser votada pelo Congresso no prazo de 120 dias. Por causa da pandemia, o parlamento está analisando MPs por meio de um rito sumário, que exclui a etapa das comissões mistas mantendo votação nos plenários da Câmara e Senado, após apresentação o relatório à medida.

Nessa mesma linha, outro tema abordado durante o programa foi a proposta que amplia de 30% para 60% o valor mínimo do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) que deve ser aplicado na compra de produtos da agricultura familiar. “Hoje, em torno de R$ 1 bilhão por ano é destinado à compra de alimentos da agricultura familiar e nós queremos dobrar esse valor”, explicou o autor do projeto de lei 1.624/2020, deputado Celso Maldaner (MDB-SC).

Canal Rural

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
Sitevip Internet