Terça-feira, 29 de setembro de 2020
informe o texto a ser procurado

Notícias / Meio Ambiente

Coalizão do agronegócio e ambientalistas pede proteção a povos indígenas

17 Jul 2020 - 15:21

Coalizão do agronegócio e ambientalistas pede proteção a povos indígenas

Foto: Reuters/Adriano Machado

A Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura, grupo formado por mais de 200 representantes do agronegócio, da sociedade civil, setor financeiro e academia, enviou nesta sexta-feira,(17) uma carta para o presidente Jair Bolsonaro, para o Conselho da Amazônia, coordenado pelo vice-presidente Hamilton Mourão, e para o Congresso defendendo que o País proteja os povos indígenas contra a pandemia de coronavírus e atividades ilegais, como garimpo.

A manifestação ocorrre alguns dias após o presidente vetar 16 pontos em uma lei que prevê medidas para proteger indígenas da covid-19. Ele derrubou o acesso a água potável, cestas básicas e fornecimento de itens de higiene para essas populações.

“É possível ser uma potência florestal, agrícola e da biodiversidade e, ao mesmo tempo, conservar e expandir o enorme patrimônio natural do país. Mas este modelo só tem sentido se garantir também a proteção aos povos originários da floresta”, afirma a Coalizão.

“A contribuição dos territórios indígenas para a integridade do bioma amazônico já foi comprovada em diversos estudos. Além da proteção ao meio ambiente, que beneficia também a produção agrícola, essas populações representam uma enorme riqueza e diversidade sociocultural. Por isso, sempre que a defesa dos territórios ou modos de vida dos indígenas brasileiros e seus conhecimentos tradicionais são ameaçados, o Brasil também corre risco”, continua.

Estadão

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
Sitevip Internet