Imprimir

Imprimir Notícia

20 Set 2021 - 10:00

Preço médio da mandioca sobe pela 11ª semana consecutiva

O clima seco continua dificultando o plantio e a colheita de mandioca, mantendo baixa a oferta da raiz. Já do lado da demanda, segundo colaboradores do Cepea, indústrias não têm demonstrado interesse expressivo na compra da matéria-prima, devido à baixa liquidez nas transações de derivados.
 
Receba notícias do Portal Agronotícias no whatsapp, clique aqui

No entanto, apesar da procura enfraquecida, a disponibilidade limitada impulsionou os preços da mandioca pela 11ª semana consecutiva. Entre 13 e 17 de setembro, o preço médio nominal a prazo da tonelada de mandioca posta fecularia avançou 0,3% frente ao da semana anterior, a R$ 518,38 (R$ 0,9015 por grama de amido).

Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)
 
 Imprimir